Menu principal
 

I Facchu: programação diversificada tem início no Campus Brusque

terça-feira, 11 de setembro de 2018

A primeira edição da “Semana de Formação Acadêmica e Científica e Cultural e Humanística e …”, a Facchu, no Campus Brusque do Instituto Federal Catarinense, teve início nesta segunda-feira (10). A cerimônia de abertura contou com a presença do coordenador geral de Ensino do Campus, professor Paulo Roberto de Souza, representando o diretor geral, Hélio Gomes Maciel; da coordenadora de Extensão, Ângela Meneses e da coordenadora de Pesquisa do campus e coordenadora geral do evento, professora Adriana Neves Dias.

A palestra de abertura, “A Educação e a diversidade racial: o combate ao racismo perpassa pela escola” foi ministrada pela coordenadora pedagógica da Rede Municipal de Educação de Brusque, professora Marlina Oliveira Schiessl e mediada pelo professor do IFC Edílson Pereira Brito. Na conferência, Marlina ressaltou a importância da Educação enquanto um dos caminhos para a superação do racismo.

O coordenador geral de ensino do campus destacou a importância da Facchu para o IFC. “Esta é apenas a primeira de outras edições que ocorrerão nos anos vindouros. A Facchu fará parte da instituição, da vida dos alunos, e será incorporada à cultura do Instituto”, disse. Souza destacou ainda que as diversas atividades que ocorrerão durante o evento contribuirão para o aprimoramento dos alunos, do ponto de vista da aquisição de conhecimento e valores, da perspectiva de vida e da escolha de suas profissões.

Em sua fala na cerimônia de abertura, a professora Ângela Meneses ressaltou a multiplicidade de temas do evento, que envolve o ensino, a pesquisa e a extensão. Na oportunidade, Ângela também destacou os vários projetos de extensão que estão em andamento no Campus. Já a coordenadora do evento ressaltou a grande expectativa da comunidade acadêmica em relação à Facchu, uma vez que se trata da primeira edição do mesmo. “A Semana vai promover a integração entre o Campus de Brusque e a comunidade em geral”, afirmou.

Cultura, Ciência e Tecnologia – A programação da Facchu teve continuidade nesta terça-feira (11) , com atividades como oficinas, exposições, mostra acadêmica, mostra cultural, espetáculo teatral, palestras e Grupos de Trabalho.

As exposições “Releituras: obras de Jackson Pollock” dos alunos do CEI Paquetá, “Belezas Naturais do IFC Rio do Sul, de Marina Silveira, “Híbridos, Narciso e Medéia”, de Ederson Simas, “MBYÁ REKÓ (O modo de viver do indígena Mbyá Guarani)”, de Vandreza A. Gabriel, “A raiz de todos os males”, de Roberta H. Mascarenhas, “Desenhando a luz Inverted Drawing” de Jonathan Schiessl e “Juntos e Misturados nas Artes”, de Silvana Pruner Vieira, estão distribuídas em diversos espaços do Campus durante todo o evento.

A programação conta com a participação intensa dos estudantes do IFC. Yasmin Zanon Barg, do Curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio, participou da oficina “Produção Musical”, ministrada pelo compositor e produtor musical Davi Carturani.. Sobre a experiência em participar dessa atividade da Facchu, a aluna destacou que a oficina foi bastante proveitosa, contribuindo com várias ideias e aprendizados sobre música. Camille Ouriques, do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, participou da oficina “Fator Humano”, ministrada por membros da Guarda de Trânsito de Brusque. Ela disse que gostou bastante da atividade, pois os ministrantes da oficina conscientizaram sobre diversos assuntos de maneira bem interessante.

Já o aluno Paulo Moreira, do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, participa do Grupo de Trabalho Programação Mobile/App Inventor, conduzido pelo professor Julio Pedroso. Sobre essa experiência, o aluno disse que achou muito interessante e divertida.

A FACCHU segue até quinta-feira (13). A programação completa está disponível na internet, no seguinte link: http://brusque.ifc.edu.br/programacao/

 

Texto: Cecom/Brusque/Vanderleia Gemelli